WE CARE.

A essência de tudo que fazemos está nas pessoas e na nossa capacidade de sermos empáticos, para a partir daí buscarmos soluções e não problemas

WE DELIVER.

Olhamos além da tradicional escopo, custo e tempo! Focamos na entrega de resultado, gerando valor para o cliente, sua equipe e a sociedade.

WE`RE CREATIVE.

“…Como “gestores de projetos”, nós somos tendenciosos (e fomos “doutrinados”) a pensar de forma linear. Como empreendedores, precisamos pensar de forma exponencial…”

Sobre Nós

A Framework é uma boutique consulting firm em Consultoria, Mentoria e Educação Corporativa focada em  Inovação, Gestão Estratégica e Gestão de Projetos no contexto Corporativo. Trabalhamos em projetos de Transformação na Gestão.
Como boutique consulting firm somos uma empresa inovadora e executamos o desenvolvimento de soluções para atender as necessidades de nossos clientes. E para isso utilizamos com base o Project Thinking, abordagem hídrida nossa que tem como base no Design Thinking, Gestão Visual, Agilidade, Neurociência Aplicada e PESSOAS!

CRIATIVIDADE
100%
EMPATIA
100%
FOCO
99%
COLABORAÇÃO
100%

A Equipe

Eduardo Freire

Eduardo Freire

Co Founder | Project Thinker

Atua como "project thinker", consultor, professor e palestrante na area de Gestão de Projetos, Programas e Portfólio, Microsoft EPM (Project + Project Server) e Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking. Agraciado com Prêmio Microsoft MVP Award 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015 em Project. Administrador, Pós em Projetos de Invetismento Publico (FIOCRUZ), MBA em Gestão de Projetos (FGV) e Mestrado em Computação pelo CIN/UFPE. Mentor em Inovativa Brasil, StartupWeekend Change Markers e Universo IF. Curador do Espaço Pitágoras (Desenvolvimento) na Campus Party Recife2, Diretor de Inovação e Novos Negócios do ID3.org e Conselheiro e Diretor do PMI-CE na gestão 2011-2014.

Sérgio do Nascimento

Sérgio do Nascimento

Partner Advisor - SP

Mestre em Engenharia Civil no IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas); Consultor certificado PMP® pelo PMI® (Project Management Institute) e PRINCE2® Practitioner pela APMG. Professor convidado na FGV (Graduação, MBA, Pós-ADM e FGV Online), UFSCar, HSM Educação (professor e conteudista), IBEC, FACENS, SENAC, EPN/UniSantanna, e instrutor na DinsmoreCompass.PMI Rio (desde 2012) e PMI São Paulo (2004), VP de Operações (2015-2016); Diretor de Programas (2015); Conselho de Orientação (2013-2014); Mentor (2013-2014); coordenador da Revisão de Estatuto Social (2013-2014); conselho Fiscal (2011-2012); Membro das Comunidades de Estudos: Consulting; Earned Value Management; Energy, Oil, Gas & Petrochemical e Scheduling do PMI-USA; AACE (desde 2013), Diretor do PMI São Paulo (2014-2015).

"Não iremos entregar melhores resultados se não mudarmos a forma que estamos fazendo gestão de nossos projetos."

Eduardo Freire

Services

Mentoria

Mentoria

A Mentoria foca numa espécie de tutoria, ou mesmo co-criação, com base na experiência e conhecimentos de nosso time, compartilhamos com profissionais (mais jovens ou não), que estão iniciando no mercado de trabalho ou numa empresa, experiências e conhecimentos no sentido de dar-lhes orientações e conselhos para o desenvolvimento de suas carreiras profissionais ou empreendedoras.

Educação

Educação

Nossos workshops ou Experiente Day funciona com base “cases” e problemas reais utilizando de como fundamentos a andragogia: 1. Necessidade de saber: adultos precisam saber por que precisam aprender algo e qual o ganho que terão no processo. 2. Autoconceito do aprendiz: adultos são responsáveis por suas decisões e por sua vida, portanto querem ser vistos e tratados pelos outros como capazes de se autodirigir. 3. Papel das experiências: para o adulto suas experiências são a base de seu aprendizado. As técnicas que aproveitam essa amplitude de diferenças individuais serão mais eficazes. 4. Prontidão para aprender: o adulto fica disposto a aprender quando a ocasião exige algum tipo de aprendizagem relacionado a situações reais de seu dia-a-dia. 5. Orientação para aprendizagem: o adulto aprende melhor quando os conceitos apresentados estão contextualizados para alguma aplicação e utilidade. 6. Motivação: adultos são mais motivados a aprender por valores intrínsecos: autoestima, qualidade de vida, desenvolvimento. Além do uso de tecnicas e ferramentas de gaminification e design thinking.

(Out Outsourcing) Projetos e Inovação

(Out Outsourcing) Projetos e Inovação

A FWK pode ajudar sua organização com profissionais: - Analista de Projeto - Gerente de Projeto - Gerente de Portfólio - Design Thinker - Project Thinker vPMO proporciona uma oportunidade de abrir linhas de comunicação e não ser limitado por paredes, fronteiras e objetivos específicos podendo ser em 03 abordagens: - Tecnologia e comunicação; - Método, processo e estrutura; - Pessoas; Project Labs

nothing found.

Consultoria

Consultoria

- Escritórios de Projetos/PMO - Laboratórios de Projetos e Inovação - Challenge de Inovação Corporativo - Gestão da Inovação - Inovação no Planejamento Estratégico

Fatos divertidos

Post IT
Projetos Entregues
Clientes Satisfeitos
Copos de Café

Blog da FrameWork

A Importância dos limites de WIP em equipes Ágeis

É natural pensarmos que o desenvolvimento ágil é, simplesmente, entregar o quanto antes o desenvolvimento do código e o problema do teste é do teste assim como na hora de fazer o deploy.

Porém, sabemos que a percepção de valor está na utilização do software pelo cliente. Sendo assim, não adianta dizer que já terminou de desenvolver e está tudo pronto, pois ainda não passou pelos testes funcionais com o cliente e caso tenha passado e, ainda assim, não foi implantado, com isso gera um gargalo de uma pilha de coisas para testar.

Estava em um cliente onde o setor de testes fica fisicamente fora do desenvolvimento e a equipe de automação desenvolvendo uma seria de funcionalidades com 5 programadores trabalhando em cada funcionalidade diferente, até ai tudo bem.

Até que percebi que estava entrando em gargalo na equipe de testes, pois esta suportava não só a equipe de automação, mas,  sim todos as equipes de desenvolvimento e a capacidade de recursos deles era limitada para atender a 16 equipes de desenvolvimento com apenas 7 recursos de testes e a justificativa era a mesma,  que a equipe de testes não estava dando vazão no códigos.

Então percebido a situação e identificado o limite de trabalho em execução (WIP) da equipe de testes, parti para a solução do caso que foi alinhar com o gerente do desenvolvimento uma política para o limite de WIP dos testes, assim como orquestrar do outro lado na equipe de automação o foco dos 5 desenvolvedores a resolver todos os problemas até entregarmos o produto.

Feito isto o resultado foi o melhor possível, uma equipe totalmente focada na entrega do valor percebido e o melhor de tudo foco na interação com as pessoas da automação e testes.

Como conclusão, podemos deixar uma reflexão sobre o primeiro item do manifesto de desenvolvimento ágil. Onde diz que devemos valorizar indivíduos e interações, mais que processos e ferramentas. Onde  com um simples limite de trabalho em progresso colocamos um time no foco, novamente, na entrega de valor e aumentamos a interação das equipes, dando uma melhor vazão no desenvolvimento e melhor qualidade.

Davi Rodrigues Pinto

Repensar o Design Thinking?

Why Design Thinking in Business Needs a Rethink?
Um artigo da MITSloan Review aborda sobre Design Thinking nas empresas!

Devemos repensar como estamos fazendo as coisas, só utilizar ferramentas não é suficiente para termos resultados. Muitas vezes, as limitações na estrutura da empresa, impedem que possamos mudar o mindset e de fato fazer acontecer!

O artigo aborda 4 aspectos culturais que muitas vezes atrapalham, são eles:

– Especializações:
Com muitos setores separados e especializados apenas num determinado tipo de funções, fica difícil a comunicação entre as pessoas dos diferentes setores, e isso impacta negativamente pois todos estão no mesmo barco, e quanto maior a diversidade de ideias e habilidades, maiores as chances de encontrarmos ideias inovadores, muitas vezes simples, que podem ter um alto impacto na qualidade da empresa!

– “Freios humanos”:
Alguns gestores, se colocam no papel de evitar que erros aconteçam, para aproveitar ao máximo o design thinking, as pessoas têm que abraçar o conceito de “podemos fazer” e focar a criatividade e energia em explorar como podem resolver problemas. Uma postura de liderança encorajadora é muito importante para se obter resultados positivos, e quando o líder está mais preocupado em evitar que erros aconteçam, dificulta muito.

– Foco apenas no resultado à curto prazo:
Em projetos de inovação, a expectativa deveria ser em torno de quanto estamos aprendendo, e não no resultado imediato. Focar cedo demais no resultado financeiro, ou outra métrica simplista, podem desencorajar a criatividade, e reduzir as chances de um resultado a longo prazo

– Medo excessivo de falha:
Muitas empresas punem funcionários quando os mesmos falham em atividades, isso tende a gerar um ambiente onde todos têm medo de dizer o que pensam, e de sugerir novas ideias.

Além disso, o artigo também elenca 5 atitudes para conseguir melhores resultados utilizando o design thinking!  Veja o artigo completo: http://sloanreview.mit.edu/article/why-design-thinking-in-business-needs-a-rethink/

 

Design e Natureza, uma ótima inspiração!

 

A natureza encontra soluções muito elegantes para problemas complicados, engenheiros e desenvolvedores há tempos têm se inspirado nos designs da natureza para resolver seus problemas.

A questão é, estamos buscando a solução realmente indicada para o problema do nosso interesse? Muitas vezes nos baseamos em soluções que envolvem aspectos que não estão presentes nos nossos problemas.

Adrian Thomas, professor de biomecânica da universidade de Oxford, fundou uma start-up, Animal Dynamics, que busca a combinar os designs da biologia para buscar melhores soluções em engenharia.

Hoje ele trabalha em um projeto que se inspira em libélulas para reinventar o design de Drones! Confira a matéria na íntegra aqui

#design #designthinking #inovacao

Depoimentos

Fale Com A Gente








Fortaleza

São Paulo